Os quatro chineses da etnia iugure, transferidos nesta quinta-feira para Bermudas da prisão de Guantánamo, não poderão entrar nos EUA sem autorização do governo americano, disse um alto funcionário.

"Os quatro membros dessa comunidade muçulmana de fala turca do noroeste da China, que foram transferidos para Bermudas, não poderão entrar nos Estados Unidos, a não ser que Washington lhes dê uma permissão especial", precisou, pedindo anonimato.

lal/lm

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.