Chinês que decapitou homem em ônibus pede para ser morto

O homem acusado de esfaquear e decapitar um passageiro em um ônibus no Canadá pediu para ser morto, quando um juiz lhe perguntou se ele queria um advogado. Vince Weiguang Li, de 40 anos, é acusado de assassinato em segundo grau por ter, de acordo com relatos de outros passageiros que estavam no ônibus, esfaqueado e decapitado Tim McLean, de 22 anos, na quarta-feira passada.

BBC Brasil |

O juiz ordenou que Li, um cidadão chinês que emigrou para o Canadá há quatro anos, seja submetido a testes psiquiátricos antes de aparecer novamente no tribunal, no dia 8 de setembro.

A promotora Joyce Dalmyn, que pediu a avaliação, disse ao tribunal que Li foi visto comendo pedaços da sua vítima e que levava a orelha, o nariz e parte da boca de McLean dentro do seu bolso, em uma sacola plástica.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG