Chinês fica três dias em fila para ter placa de carro com número da sorte

Pequim, 6 out (EFE).- Um cidadão de Pequim ficou na fila por três dias para conseguir que a placa de seu carro tenha quatro números 8, o número da sorte por excelência entre a supersticiosa população chinesa.

EFE |

Segundo a agência oficial de notícias chinesa "Xinhua", Pequim retomou hoje o programa de personalização de placas abandonado pela cidade em 2002 e que ficou em vigor por apenas dez dias.

Naquela época, o sistema foi abandonado devido às combinações que soam mal e "politicamente incorretas" escolhidas por alguns donos de automóveis como, por exemplo, "UFO", "SEX 001", "FBI 007", "EUA 911" e "TMD", as siglas de um insulto comum na China.

Segundo o Birô de Gestão de Trânsito de Pequim, placas deste tipo não serão expedidas desta vez.

O anúncio da reativação do serviço de personalização de placas despertou de novo o interesse de vários motoristas, que formaram fila durante todo o final de semana - apesar do frio que retornou a Pequim nos últimos dias - para obterem a placa desejada.

O primeiro deles, que esperou por três dias o Birô de Gestão de Trânsito de Pequim abrir suas portas hoje, escolheu a placa "NV8888", enquanto o segundo preferiu "NA9999".

Tanto o 8 quanto o 9, principalmente o primeiro deles, são considerados números da sorte pelos chineses, já que suas pronúncias soam parecido com as palavras "fortuna" e "eternidade", respectivamente.

Por outro lado, o 3 e principalmente o 4 são os números evitados pelos motoristas, pois os chineses os associam com "dissolver" e "morrer", respectivamente.

Segundo o Birô de Gestão do Trânsito de Pequim, o êxito do programa parece garantido, já que sua sede central expediu cerca de 400 placas personalizadas em apenas duas horas e milhares ao longo do dia. EFE ub/wr/fal

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG