Chinês é preso por divulgar falso alarme de terremoto na internet

Pequim, 30 ago (EFE).- Um estudante em Xian (centro da China) foi condenado a 18 meses de prisão por invadir o site do escritório de sismologia provincial e divulgar um alarme falso de terremoto, informou hoje a agência oficial Xinhua.

EFE |

A sentença contra Jia Zhipan, de 22 anos, foi ditada sexta-feira por um tribunal local, que considerou que o alarme falso tinha causado pânico na província de Shaanxi, da qual Xian é capital.

Em 29 de maio (17 dias depois do terremoto que matou cerca de 90.000 pessoas na China), Jia conseguiu invadir o site do escritório de sismologia e divulgou uma falsa informação na qual alertava sobre a possibilidade de um terremoto entre 6 e 6,5 graus em Shaanxi.

Devido a esse alerta, muitos moradores da região decidiram deixar suas casas e dormir em abrigos, enquanto se multiplicavam os pedidos de informação ao escritório provincial.

Jia, detido pela Polícia em 4 de junho, confessou que era responsável pelo falso alarme e disse que teve curiosidade em qual seria a reação pública ao alerta. EFE abc/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG