Chinês compra apartamento de US$ 57 milhões em Hong Kong

Um rico comprador chinês adquiriu um apartamento de cinco quartos e 557 metros quadrados em Hong Kong por US$ 57 milhões (cerca de R$ 97,8 milhões).

BBC Brasil |

AP
Prédio da Conduit Road, onde fica o apartamento
Prédio da Conduit Road,
onde fica o apartamento
A propriedade fica em um dos endereços mais exclusivos de Hong Kong, a Conduit Road, e o metro quadrado custou cerca de R$ 175 mil. O apartamento foi vendido pela companhia imobiliária Henderson Land Development a um comprador não identificado.

A propriedade fica no 68º andar de um edifício e tem vista para a baía. O proprietário terá acesso a um spa de aromaterapia, uma academia e uma sala de ioga ao ar livre, entre outras instalações.

Thomas Lam, da companhia Henderson Land Development, afirma que o prédio oferece "uma chance para que as elites da cidade desfrutem de uma propriedade de prestígio". Outro apartamento no mesmo prédio já tinha sido vendido por US$ 51 milhões (cerca de R$ 87,5 milhões).

Bolha imobiliária

A transação envolvendo o apartamento, que seria o mais caro da Ásia, ocorre em um momento em que a principal autoridade local - o chefe executivo de Hong Kong, Donald Tsang - afirmou temer por uma bolha imobiliária na região.

Em seu discurso anual, Tsang afirmou que o governo está pensando em disponibilizar mais espaços para o desenvolvimento de mais projetos de habitação.

"O relativamente pequeno número de unidades residenciais completas e os preços recordes em algumas das transações neste ano geraram preocupação a respeito do número de apartamentos disponíveis, da dificuldade em se comprar uma casa e da possibilidade de uma bolha imobiliária", disse o administrador local.

Os preços de imóveis em Hong Kong se beneficiaram com a boa fase no mercado da China. Mas, ao se transformar em um dos mercados imobiliários mais caros do mundo, muitos dos moradores de Hong Kong têm enfrentado cada vez mais dificuldades para comprar uma casa.

Leia mais sobre imóveis

    Leia tudo sobre: bbchong kong

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG