Chinês ciumento corta orelhas da mulher

Pequim, 30 dez (EFE).- Um homem chinês de sobrenome Yang lhe cortou as orelhas e os tendões de Aquiles da mulher, em um acesso de fúria após 16 anos de casados, por desconfiar ela tinha um amante, informou hoje o jornal China Daily.

EFE |

O ataque aconteceu na tarde de sábado, quando Yang prendeu os pés e as mãos da mulher enquanto ela dormia e lhe cortou as orelhas com uma faca e os tendões de Aquiles com tesouras.

"Ele me acusou de ter sido infiel, e nos últimos dias me obrigou a dormir no sofá", disse a mulher, de sobrenome Kan, ao jornal "Beijing News".

Segundo ela, seu marido levou as economias do casamento e a roupa dela após o ataque.

Ela está internada no Hospital Huaxin de Pequim e, segundo uma enfermeira, sua vida não corre perigo.

Yang e Kan são imigrantes rurais originais da província de Sichuan, no sudoeste da China, e vivem em uma casa alugada em Heiqiao, do distrito pequinês de Chaoyang.

O casal tem dois filhos, e, em meados deste mês, o pai enviou o mais jovem, de sete anos, de volta a Sichuan.

O "Beijing News" não especifica o paradeiro atual do marido, embora mencione o irmão dele, que tentou sem sucesso convencê-lo a se entregar. EFE mz/jp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG