China tem quatro casos confirmados de gripe suína

As autoridades chinesas confirmaram nesta quarta-fera dois novos casos de gripe suína, um na região administrativa de Hong Kong, elevando assim a quatro o número de infectados com o vírus A(H1N1) apesar das rígidas medidas para evitar a propagação da doença.

AFP |

As autoridades de Hong Kong confirmaram o segundo caso de gripe suína registrado na ilha, em um homem de 24 anos que voltava dos EUA.

Os serviços de saúde o colocaram imediatamente em quarentena com seis pessoas que viajaram no mesmo avião e seus parentes que o esperavam segunda-feira no aeroporto de Hong Kong, informou Thomas Tsang, responsável do Centro de Proteção da Saúde.

Por sua vez, Pequim confirmou através da página da web do ministério de Saúde, um segundo caso na China continental na província de Shandong (leste), um estudante de 19 anos que voltou semana passada do Canadá.

Lu começou a sentir febre domingo em Pequim, dois dias depois de ter viajado para o Canadá, segundo o ministério da Saúde.

Segunda-feira, sua temperatura corpórea chegou a 39 graus. Ele estava com dores de cabeça, o que não lhe impediu de viajar de trem para Jilan, cidade da província de Shandong.

No trem, alertou as autoridades locais para iniciar um tratamento assim que chegasse a Jilan.

O governo de Shandong pediu aos passageiros que viajaram com ele no trem ou no avião que entrassem em contato com as autoridades de saúde.

Dez pessoas que viajaram no mesmo avião que Lu foram encontradas em Pequim, segundo o canal de televisão oficial CCTV.

As autoridades da capital colocaram entre 40 e 60 pessoas em quarentena, num hotel onde o estudante havia se hospedado antes de viajar para Shandong, segundo a agência China Nova.

mbx-frb/lm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG