Um terremoto de 5,1 graus sacudiu uma região isolada do sudoeste da China na madrugada desta segunda-feira, informou o Instituto Americano de Geologia.

O tremor, ocorrido à 01H56 local (14H56 Brasília), foi situado na província de Qinghai, na fronteira com Sichuan, região devastada por outro terremoto, que deixou mais de 69 mil mortos em 12 de maio passado.

A agência oficial Nova China informou que o tremor ocorreu em uma zona a 5 mil metros de altitude, pouco povoada.

O epicentro do sismo foi situado 390 km a nordeste de Lhasa, capital do Tibete, a algumas centenas de quilômetros de Miangyang, onde uma represa formada após o terremoto de 12 de maio ameaça romper.

As autoridades já evacuaram milhares de pessoas na região da represa, formada por deslizamentos de terra em Tangjiashan, que retiveram mais de 220 milhões de metros cúbicos de água do rio Jianjiang.

A represa, que ameaça mais de 1,3 milhão de chineses, começou a ser drenada no sábado.

Saiba mais sobre terremotos


  • Os terremotos mais graves ocorridos no mundo desde 1990





    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.