China se diz ansiosa para trabalhar com Hillary Clinton

HONG KONG (Reuters) - A China disse na terça-feira que parabenizou Hillary Clinton por sua escolha como secretária de Estado dos Estados Unidos, juntando-se a outros líderes mundiais que fizeram o mesmo. O presidente eleito dos EUA, Barack Obama, anunciou Hillary para o Departamento de Estado quando anunciou os integrantes de sua equipe de segurança nacional na segunda-feira.

Reuters |

"Estamos ansiosos para trabalhar com ela", disse o ministro das Relações Exteriores da China, Yang Jiechi, em um encontro da Iniciativa Global Clinton em Hong Kong.

Hillary disse que a relação dos Estados Unidos com a China será a mais importante do mundo neste século.


Obama anuncia Hillary Clinton como futura secretaria de Estado / AP

A próxima secretária de Estado reconheceu que o apoio chinês foi fundamental para a obtenção de um acordo multilateral para o desmantelamento das instalações nucleares da Coréia do Norte e afirmou: "Devemos ampliar esse cenário para estabelecer uma equipe de segurança no nordeste da Ásia".

Yang estava em Hong Kong para a conferência que, em dois dias, reúne líderes comerciais, políticos e humanitários, além de celebridades, para abordar os problemas de educação, energia, saúde pública e mudança climática na região.

O ex-presidente dos Estados Unidos Bill Clinton concordou em tornar públicos os nomes de mais de 200 mil pessoas e empresas que fizeram doações para sua fundação. A medida faz parte de um acordo feito com Obama para abrir caminho para a nomeação de Hillary como secretária de Estado e evitar qualquer coisa que dê a entender que há um conflito de interesses entre as duas atividades.

Leia mais sobre Barack Obama

    Leia tudo sobre: obama

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG