China resgata 2 mil crianças vítimas de tráfico humano

A polícia na China informou que recuperou mais de 2 mil crianças depois de uma campanha de seis meses contra o tráfico de pessoas. O Ministério da Segurança Pública chinês criou um website com fotos de algumas das crianças sequestradas para tentar reuni-las a suas famílias.

BBC Brasil |

As crianças são de todas as partes da China e este é apenas o primeiro grupo; algumas têm nomes, muitas não têm.

Das 2008 crianças que foram resgatadas, algumas já voltaram para suas famílias.

A página na internet tem fotos de 60 crianças, de bebês a jovens, que foram levados de suas famílias. Estima-se que milhares de crianças desaparecem na China a cada ano.

Gangues de criminosos sequestram crianças e vendem para casais sem filhos.

Na sociedade patriarcal chinesa, meninos custam mais. Os meninos podem ser vendidos por até US$ 6 mil (cerca de R$ 10,4 mil). Meninas são vendidas por cerca de US$ 500 (cerca de R$ 868).

Os pais destas crianças desaparecidas, geralmente fazendeiros pobres ou operários de fábricas, já alertaram para a indiferença das autoridades.

O governo chinês prometeu agir para combater o sequestro e tráfico de crianças. Um banco de dados de DNA nacional foi estabelecido este ano para ajudar a reunir famílias.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG