China registra 42 mortes em 4 dias por fortes chuvas

Pequim, 27 jul (EFE).- As chuvas que atingem diversas províncias do centro e sul da China deixaram entre quinta-feira e esta segunda um saldo de pelo menos 42 mortos, 49 desaparecidos, 42 feridos e 5.

EFE |

410 deslocados, segundo informou a imprensa oficial chinesa.

No acidente mais grave, 11 pessoas morreram em um deslizamento de terra causado pelas chuvas no distrito de Hongjianng, província central de Hunan, segundo informou o Governo local.

Outras 30 pessoas ficaram feridas no deslizamento e estão hospitalizadas devido aos temporais que, desde quinta-feira, obrigaram à evacuação de 5.410 do distrito, onde não ocorriam chuvas tão intensas havia seis décadas.

Os meteorologistas preveem que as fortes chuvas seguirão afetando o distrito, que já sofre cortes de eletricidade e comunicações, durante os próximos dois dias.

Na província sudoeste de Sichuan as equipes de resgate recuperaram cinco corpos até domingo em um deslizamento no qual outras 49 pessoas desapareceram no distrito de Kangding, informou a agência de notícias "Xinhua".

Quatro dos cinco mortos trabalhavam em uma pedreira que fornece rochas para a construção de um projeto hidrelétrico.

Na mesma província, outras seis pessoas morreram na queda de uma ponte por causa das chuvas no distrito de Wenchuan, palco, no ano passado, do pior terremoto em décadas na China, com cerca de 90 mil mortos e desaparecidos.

Segundo as autoridades locais informaram no sábado, outras 12 pessoas ficaram feridas neste acidente, e cinco delas se encontram em estado grave. EFE mz/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG