China reforma trecho da Grande Muralha na fronteira com a Coreia do Norte

Obras foram orçadas em 30 milhões de iuanes, o equivalente a US$ 4,4 milhões

EFE |

Pequim - Um trecho da Grande Muralha que coincide com a fronteira da Coreia do Norte, no nordeste da China, está passando por reformas, perto da localidade de Dandong, informou a agência oficial "Xinhua". Essa seção da muralha foi edificada durante a dinastia Ming (1368-1644), uma das épocas nas quais a construção defensiva sofreu mais ampliações, e os atuais trabalhos de restauração vão durar até o fim do ano, segundo os responsáveis pelos trabalhos.

A obra conta com um orçamento de 30 milhões de iuanes (US$ 4,4 milhões) e inclui melhorias na região do entorno da muralha e a criação de infraestruturas turísticas e uma estrada. Por conta dos trabalhos, 77 famílias que viviam no local foram despejadas pelas autoridades.

A Grande Muralha propriamente dita começou a ser construída há dois mil anos, por ordem do Primeiro Imperador chinês, Qin Shihuang, que uniu muros que diversos reinos e tribos da região tinham construído desde o século VII a.C. para se defender dos povos vizinhos, principalmente as hordas nômades do norte da Ásia.

Embora tradicionalmente a passagem de Shanhaiguan, onde a estrutura encontra com o mar, seja considerada o extremo oriental da muralha, há outros trechos mais a leste, como este que está sendo reparado atualmente.

    Leia tudo sobre: iGchinacoreia do nortemuralhareforma

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG