China reforça segurança no transporte visando Jogos Olímpicos

Xangai, 14 jul (EFE).- A cidade chinesa de Xangai, subsede dos Jogos Olímpicos de Pequim, reforçará a segurança durante o evento com cães e policiais armados nas estações de trem, afirma hoje o jornal local Shangai Daily.

EFE |

Além disso, os policiais exigirão documentos de identidade a todos os passageiros de ônibus que viajarem para Pequim, publica o jornal.

Cerca de 100 agentes das forças especiais da Polícia de Xangai patrulharão as duas grandes estações de trem da cidade, onde examinarão quem considerarem suspeitos e contarão com o auxílio de cães treinados para procurar objetos perigosos nas entradas e plataformas de estação.

"Examinaremos a bagagem que for levada nos trens", confirmou Lin Ronggui, um porta-voz da Polícia. A medida também será aplicada às malas que forem carregadas em ônibus com destino a Pequim.

Todas as estradas que ligam Xangai à capital estarão 24 horas sob vigilância, com patrulhas de especialistas que procurarão líquidos inflamáveis, armas e drogas nos veículos, diz o jornal.

Os aeroportos, além das medidas de segurança habituais, também estabelecerão controles em todas as entradas de seus terminais.

Todas estas medidas fazem parte da vigilância antiterrorista que será posta em prática na cidade durante os Jogos Olímpicos. Para essa tarefa, as forças de segurança se preparam desde outubro com simulações de atentados, de seqüestros de ônibus ou de brigas em estádios, além de derramamento de combustíveis no mar.

Durante os Jogos, Xangai receberá 12 partidas do torneio de futebol, entre elas a decisão da medalha de bronze masculina. EFE ad/ev/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG