China recolhe 54 trens de alta velocidade por problemas técnicos

Governo chinês já havia suspendido todos os projetos de ferrovias, três semanas após um grave acidente no leste do país

iG São Paulo |

A fabricante de trens chinesa CNR anunciou nesta sexta-feira que 54 trens de alta velocidade da linha Pequim-Xangai, inaugurada há 40 dias, serão retirados de operação por "preocupações de segurança".

A decisão acontece após um acidente entre dois trens-bala de outra companhia, a CSR, ter deixado 39 mortos em julho. A CSR não anunciou retirada de veículos nem suspensões em sua produção.

AP
Equipes de resgate e civis trabalham para ajudar passageiros em destroços de trem que descarrilou em Wenzhou, no leste da China (23/07)

Em comunicado, a CNT disse que fará "análises sobre problema técnicos". Segundo a empresa, a medida permitirá "efetuar uma revisão para garantir a qualidade e a segurança" dos trens.

A companhia, uma das duas principais fabricantes de trens de alta velocidade da China, já havia suspendido o envio de 112 novos trens na mesma linha.

Esta primeira medida foi tomada por problemas em sensores térmicos de velocidade e pressão nos trens, que podem ter sido uma das causas do acidente do mês passado, quando um trem colidiu contra outro que estava parado na via.

Além do acidente de julho, pesou na decisão o grande número de avarias registradas no primeiro mês de funcionamento da linha Pequim-Xangai, o que provocou horas de atraso e cancelamentos de dezenas de viagens.

O acidente multiplicou as críticas à rede de alta velocidade chinesa, que em apenas quatro anos de funcionamento já é a maior do mundo, com cerca de nove mil quilômetros. Para os críticos, a rapidez na construção deixou procedimentos de segurança em segundo plano .

No início da semana, o governo chinês ordenou uma campanha de inspeções de segurança nos trens chineses, o que inclui a suspensão de novos projetos de construção de linhas de alta velocidade.

Com EFE e AFP

    Leia tudo sobre: chinatransportetremacidentesegurança

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG