China quer flexibilidade e esforços diplomáticos na questão nuclear iraniana

A China pediu nesta terça-feira flexibilidade e mais esforços diplomáticos para resolver a questão nuclear iraniana.

AFP |

"As partes envolvidas deveriam acentuar os esforços diplomáticos, manter e promover o diálogo", declarou o porta-voz do ministério chinês das Relações Exteriores, Qin Gang.

"Esperamos que todas as partes envolvidas continuem dando mostras de flexibilidade e atuem em favor de uma solução completa e apropriada, pela via diplomática, sobre a questão nuclear iraniana", acrescentou.

Na segunda-feira, o Irã confirmou a vontade de desenvolver rapidamente as capacidades de produção de urânio enriquecido, com o desejo de construir duas novas usinas para a finalidade , ao mesmo tempo que as grandes potências não conseguem chegar a um acordo sobre novas sanções contra Teerã.

O governo dos Estados Unidos considerou o anúncio iraniano uma nova prova de que Teerã se recusa a cooperar com a comunidade internacional.

Na semana passada, um relatório da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) manifestou inquietação com a possibilidade de que o Irã pode estar desenvolvendo uma bomba nuclear.


Entenda o processo de enriquecimento de urânio

Leia mais sobre Irã

    Leia tudo sobre: irã

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG