China pede mais cooperação dos EUA na luta contra mudança climática

Pequim, 9 jun (EFE).- O vice-primeiro-ministro chinês Li Keqiang pediu ao enviado especial dos Estados Unidos sobre mudança climática, Todd Stern, mais cooperação e diálogo entre os dois países na luta pelo meio ambiente, informou a agência de notícias Xinhua.

EFE |

"A China comprovou a adoção de medidas positivas pelo Governo dos EUA sobre este assunto", disse Li na reunião, que aconteceu no Grande Palácio do Povo de Pequim.

Segundo o vice-primeiro-ministro chinês, "a consolidação do diálogo e cooperação entre os dois países ajudará a reforçar os laços entre China e EUA, e beneficiará a cooperação internacional na luta contra a mudança climática".

Além disso, Li assegurou que "a China aprova o cumprimento do 'plano de solução de Bali', assim como os objetivos da Conferência de Copenhague e do Protocolo de Kioto, sempre que seja de um ponto de vista compreensivo, eficiente e consistente".

Espera-se que em dezembro, na Conferência Internacional das Nações Unidas sobre Mudança Climática em Copenhague, seja criado um plano "mais ambicioso" para a redução de emissões, que substitua o Protocolo de Kioto (cuja vigência termina em 2012).

Stern assinalou que "seu país está preparado para intensificar o diálogo e a cooperação com a China no que se refere à energia, meio ambiente e mudança climática, além de trabalhar mais estreitamente para alcançar o êxito da Conferência de Copenhague".

A cooperação em mudança climática se transformou em um dos principais pontos da Administração Barack Obama para intensificar os laços com Pequim. EFE mmp/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG