China manipulará clima para evitar chuva em festa nacional

Pequim, 25 ago (EFE).- O Governo chinês anunciou que voltará a manipular o clima para evitar que chova em Pequim no próximo dia 1º de outubro, quando se celebra o 60º aniversário da República Popular China com um grande desfile militar, informou o periódico oficial China Daily.

EFE |

Zhang Qiang, subdiretor do Escritório de Modificação Meteorológica de Pequim, assegurou que nesse dia serão postas em prática medidas para a "redução artificial da chuva".

Em 1º de outubro, a Praça da Paz Celestial de Pequim será palco de grandes celebrações pelo aniversário chinês, na qual o presidente Hu Jintao fará um discurso público.

"Os arquivos históricos para o Dia Nacional nas últimas três décadas indicam uma probabilidade de precipitação de 30%, que foi chuvisco na maioria dos casos", explicou Guo Hu, chefe do Birô de Meteorologia da China.

Pequim já aplicou práticas similares por ocasião dos Jogos Olímpicos, quando disparou foguetes com produtos químicos para dispersar nuvens.

Segundo Zhang, a experiência demonstra que o sistema funciona em nível local, mas reconheceu que não se pode combater as grandes tendências climáticas.

As autoridades evitaram falar sobre as medidas para 1º de outubro, porém é provável que o plano seja parecido ao de 8 de agosto de 2008, data de inauguração dos Jogos Olímpicos de Pequim e dia em que foram lançados até 1.104 foguetes de 21 pontos da capital chinesa para dispersar nuvens. EFE gmp/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG