O governo chinês ordenou nesta sexta-feira uma investigação em torno das razões do desabamento de inúmeras instituições escolares durante o terremoto de segunda-feira e ameaçou punir eventuais responsáveis.

"Se for revelado que houve problemas relacionados à construção dos edifícios escolares, trataremos os responsáveis sem tolerância alguma", afirmou um alto funcionário do Ministério da Educação, Han Jin, citado pela agência Nova China.

jg/dm

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.