China justifica estudantes que defenderam tocha olímpica em Seul

A China justificou nesta terça-feira os estudantes chineses que defenderam a tocha dos Jogos Olímpicos de Pequim em sua passagem por Seul no domingo como uma atitude que, segundo o primeiro-ministro sul-coreano, feriu o orgulho nacional.

AFP |

"Estudantes chineses defenderam a dignidade da tocha olímpica. Penso que é natural", declarou a porta-voz do ministério das Relações Exteriores, Jiang Yu.

"Talvez tenham acontecido algumas ações radicais", acrescentou.

O primeiro-ministro sul-coreano, Han Seung-Soo, havia afirmado que os incidentes "afetaram consideravelmente o orgulho nacional da Coréia do Sul" e que eram "necessárias medidas legais e diplomáticas".

Na passagem da tocha por Seul vários estudantes chineses agrediram sul-coreanos que protestavam contra a política de direitos humanos de Pequim.

ph-frb/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG