China já tem 24 milhões de jovens viciados em internet

O número de jovens chineses viciados em internet chegou a 24 milhões em 2009, segundo o estudo mais recente da Associação da Juventude Chinesa para o Desenvolvimento da Rede (Cyand, na sigla em inglês).

EFE |

De acordo com esses dados, um em cada sete internautas chineses considerados jovens é viciado na grande rede. Em 2005, essa proporção era duas vezes menor, ressalta a edição de hoje do jornal "China Daily".

"A pesquisa destaca a preocupante situação do crescente número de jovens viciados em internet", alertou Hao Xianghong, secretário-geral da Cyand, que entrevistou mais de 7 mil jovens para fazer o estudo.

Atualmente, a China tem 384 milhões de internautas. É a maior população cibernética do mundo, e, em média, ela cresce 30% ao ano.

No país, um terço dos chineses que acessam à internet tem menos de 19 anos. E é exatamente junto a este segmento da população que a navegação pela rede mais cresce.

Segundo a pesquisa, 15,6% dos jovens de 18 a 23 anos são viciados em internet. Entre as crianças de 6 a 12 anos, 8,8% delas também apresentam condutas típicas de um dependente.

"Precisamos a fazer mais para ajudar os viciados de 18 a 23 anos, a maioria dos quais são estudantes", afirmou Hao ao "China Daily".

Para os especialistas, um viciado em internet é aquele que, diariamente, por pelo menos três meses, gasta mais de seis horas do seu tempo livre navegando na internet.

Leia mais sobre China

    Leia tudo sobre: china

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG