China investirá US$ 20 bi na Venezuela, metade em iuan

PEQUIM (Reuters) - A China disse na terça-feira que assinou um acordo financeiro de 20 bilhões de dólares com a Venezuela, sendo metade dessa quantia em iuan. O presidente venezuelano, Hugo Chávez, disse no sábado que a China iria fornecer ao seu país petroleiro um plano de financiamento de 20 bilhões de dólares para projetos.

Reuters |

Na terça-feira, Jiang Yu, porta-voz da chancelaria chinesa, confirmou o "acordo-marco de financiamento" entre o Banco de Desenvolvimento da China e o governo da Venezuela. Ela disse que as quantias são de 10 bilhões de dólares e 70 bilhões de iuans (10,25 bilhões de dólares).

Sem dar outros detalhes do acordo, ela disse que a China ampliaria o uso da sua própria moeda em seus investimentos na Venezuela. Ela afirmou também que os dois países assinaram acordos para "reforçar a cooperação" em questões de petróleo e eletricidade.

Chávez deveria ter recebido no fim de semana uma visita do presidente Hu Jintao, cancelada devido ao terremoto ocorrido na China na semana passada.

Os acordos assinados na ausência dele incluem a ratificação de uma "joint venture" para desenvolver um bloco na bacia petrolífera do Orinoco.

Estima-se que o bloco Junin 4 exija um investimento d e cerca de 16 bilhões de dólares em três anos, para eventualmente produzir 400 mil barris de petróleo bruto por dia.

(Reportagem de Chris Buckley)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG