China investiga se leite em pó provocou doença em bebês

Autoridades chinesas estão investigando uma marca de leite em pó depois que mais de 12 bebês que tomaram a bebida foram diagnosticados com pedras nos rins. De acordo com a agência de notícias estatal Xinhua, o alerta foi acionado na quarta-feira quando 14 crianças ficaram doentes na província de Gansu, no centro do país.

BBC Brasil |

Um bebê teria morrido, mas as autoridades disseram que ainda está cedo para dizer se a morte estaria ligada ao leite em pó, da marca Sanlu Group.

Ainda segundo a agência, casos similares foram registrados em outras províncias no norte e leste da China.

Todas as crianças doentes foram alimentadas com o leite Sanlu. Um porta-voz da empresa diz acreditar que os bebês tenham tomado leite produzido por falsificadores.

O médico Zhang Wei, chefe do Departamento de Urologia onde os 14 bebês estão sendo tratados, disse que é "extremamente raro que bebês desenvolvam pedras nos rins".

Em entrevista ao jornal China Daily, ele disse ser possível que outros bebês estejam doentes, mas que os pais não estejam levando os filhos ao hospital por causa dos gastos com o tratamento.

Um escândalo envolvendo leite em pó falsificado matou 13 bebês na província de Anhui, em 2004.

Na época, os investigadoreas concluíram que o leite não continha nenhum valor nutricional. O escândalo desencadeou uma série de investigações na indústria alimentícia chinesa.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG