China indignada com imagem de Mao em espermatozóide em campanha publicitária

A imprensa e os internautas chineses ficaram indignados com um anúncio publicitário alemão de preservativos que apresenta uma caricatura de Mao em um espermatozóide, ao lado de Hitler e Bin Laden.

AFP |

Segundo o jornal Global Times, a campanha publicitária foi realizada pela agência Grey Worldwide para a empresa farmacêutica Doc Morris. Trata-se da promoção de uma nova linha de preservativos.

A campanha, sem texto, apresenta um grupo de espermatozóides, um dos quais tem forma humana. Mao é reconhecível por seu corte de cabelo, Hilter por seu bigode e Bin Laden por sua barba.

A associação do fundador da República Popular da China com Hitler e Bin Laden suscitou as críticas da imprensa e dos internautas.

Em seu site, o Jornal do Povo, órgão do Partido Comunista Chinês, dedica um espaço especial para o caso, com reações dos leitores. "Devem pedir desculpas à China", afirma um internauta.

Segundo o Global Times, a Grey Worlwide enviou uma carta com um pedido de desculpas ao consulado chinês de Frankfurt.

No ano passado, a montadora de automóveis francesa Citroën teve que se desculpar por uma campanha publicitária veiculada na Espanha na qual Mao aparecia um Mao vesgo com a boca torcida. Ele foi substituído por Napoleão.

frb/dm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG