China impõe 100 restrições a aspirantes a astronautas

Astronautas interessados em participar da próxima missão espacial da China, em 2010, terão que se enquadrar em uma lista de cem regras, entre elas não ter mau hálito ou nariz escorrendo.

BBC Brasil |

A lista também exclui aqueles com odores corporais, cáries e cicatrizes, que poderão "reabrir" no espaço.

Outra regra importante é o consentimento da esposa. Se ela não gostar da ideia de que o marido aspirante a astronauta vá para o espaço, ele terá que permanecer na Terra.

Shi Bing Bing, médico de um hospital da Força Aérea chinesa em Nanjing, disse que as novas determinações vão ajudar a China a mandar "os melhores entre os melhores" para o espaço.

"Esses astronautas são vistos como super-seres humanos", afirmou.

'Agradável'

O hospital já realizou uma primeira bateria de testes com candidatos para descartar aqueles que não cumprirem com as cem regras. Outros três testes devem ajudar a escolher o pequeno grupo de "taikonautas".

Mas o médico já avisa qualquer aspirante com histórico de doenças graves nas últimas três gerações da família será barrado. Também estão vetados aqueles com alergia a medicamentos ou micose.

Para serem selecionados, os candidatos devem mostrar uma "aparência agradável e adaptável".

A China levou seu primeiro homem ao espaço em 2003. O país espera poder construir sua própria estação espacial na órbita terrestre.

    Leia tudo sobre: exploração espacial

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG