China fecha discoteca montada em edifício militar histórico

Pequim, 3 mar (EFE).- Uma discoteca que tinha sido aberta em um edifício da Academia Militar Whampoa, instituição histórica que formou entre outros o ex-líder chinês Chiang Kai-shek, foi fechada pelas autoridades, informou hoje a imprensa oficial.

EFE |

O fechamento, por enquanto temporário, ordenado por autoridades da cidade de Cantão (sul) que descobriram que o proprietário tinha modificado partes do edifício histórico, alterando sua aparência, o que viola a lei estatal de proteção de patrimônio histórico, destacou um responsável local citado pela agência "Xinhua".

No dia 27 de fevereiro a Prefeitura de Cantão ordenou a suspensão do negócio, um dia depois que uma notícia sobre a boate foi publicada no jornal "South China Morning Post".

A academia Whampoa foi fundada em 1924 pelo Partido Nacionalista (Kuomintang, agora no Governo em Taiwan).

O edifício no qual o "Generalíssimo" Chiang Kai-shek trabalhou como chefe provincial de formação militar tinha sido transformado na discoteca "Hei Hei Club", gerando controvérsias na imprensa.

Whampoa, nome de origem cantonês (também é conhecido por sua tradução para mandarim, Huangpu), formou muitos líderes militares do Partido Nacionalista e de seu sucessor no poder, o Partido Comunista da China, como Zhou Enlai e Lin Biao. EFE abc/fm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG