A China comunicou à França seu enérgico protesto contra a reunião realizada no sábado na Polônia entre o presidente francês, Nicolas Sarkozy, e o líder tibetano Dalai Lama, anunciou neste domingo a televisão estatal chinesa.

"O vice-ministro das Relações Exteriores He Yafei transmitiu um enérgico protesto à parte francesa pelo encontro de Sarkozy com o Dalai Lama", anunciou a CCTV.

dma/ap

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.