Beichuan (China), 15 mai (EFE).- A rodovia que leva à localidade de Wenchuan, onde foi registrado o epicentro do terremoto da segunda-feira, foi aberta hoje para caminhões militares e maquinaria pesada.

Nenhum veículo civil foi autorizado a trafegar por essa rodovia entre a cidade de Mianyang e o distrito de Beichuan, e os jornalistas tiveram de seguir a pé para cobrir a devastação causada pelo terremoto de magnitude de 7,9 graus na escala aberta de Richter.

As autoridades acreditam que cinco mil pessoas podem ter morrido em Beichuan, enquanto um número ainda desconhecido está soterrado sob os escombros da catástrofe.

Os jornalistas tiveram de caminhar por horas pela estrada junto a centenas de pessoas que tentam chegar ao distrito com a esperança de encontrar familiares, vivos ou mortos.

Enquanto isso, continua em grande velocidade a reconstrução de outra das estradas que leva a Wenchuan. EFE abc/mh

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.