China envia condolências aos EUA por morte de Ted Kennedy

Pequim, 28 ago (EFE).- O Governo chinês enviou ao dos Estados Unidos suas condolências pela morte do senador Edward Kennedy, que, segundo Pequim, apoiou o desenvolvimento das relações entre os dois país.

EFE |

"Prestamos uma homenagem a ele após sua morte, e o ministro de Assuntos Exteriores, Yang Jiechi, enviou uma mensagem de condolências a sua família", disse a porta-voz da Chancelaria chinesa Jiang Yu, citada pela agência oficial de notícias "Xinhua".

"Ele se preocupou e apoiou o desenvolvimento dos laços entre China e EUA", afirmou a porta-voz.

É pouco frequente que Pequim envie mensagens de condolências pela morte de personagens que não tenham sido chefes de Estado ou de Governo.

O senador Kennedy visitou a China em 1977, quando o país atravessava uma complicada transição do maoísmo à reforma e abertura, e se reuniu com Deng Xiaoping, então principal líder comunista. EFE abc/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG