China entra em alerta devido a intensas nevascas

PEQUIM - A Estação Meteorológica Central da China estendeu neste domingo a situação de alerta a todo o norte e sudoeste do país pela presença de uma frente fria com neve e nevoeiro em temperaturas muito baixas que bloqueou estradas e aeroportos.

EFE |

As nevascas começaram no sábado e continuam neste domingo na capital chinesa, com temperaturas entre oito e 12 graus abaixo zero, e mais baixas ainda em regiões como a da Mongólia Interior, Shanxi e Shaanxi (noroeste), de até 18 graus abaixo de zero.

AP
Casal caminha durante o inverno rigoroso na China



As províncias de Hebei, Tianjin e Pequim (nordeste) registram nevascas, assim como a de Shandong (leste), enquanto Sichuan, Chongqing e Yunnan (sudoeste) sofrem com um espesso nevoeiro que impede a visibilidade.

A neve alcança uma espessura de até 11 centímetros esta manhã em algumas áreas da capital chinesa, onde desde sábado mais de 200 voos sofreram atrasos e cancelamentos.

O trânsito terrestre é lento em Pequim devido à neve e ao gelo, e algumas rodovias que ligam a capital à Mongólia Interior estão fechadas ou são de difícil acesso.

Leia mais sobre: China

    Leia tudo sobre: chinanevascaneve

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG