China eleva o limite de pobreza

A China elevou o limite de pobreza, o que triplica o número de pessoas desfavorecidas no país, destacou a imprensa do país.

AFP |

O governo decidiu que o limite passe de 785 yuanes (115 dólares) a 1.100 yuanes por anom

Com a alteração, 43,2 milhões de pessoas são consideradas pobres agora, contra os 14,8 milhões de antes.

O aumento do limite de pobreza significa que mais pessoas terão direito aos programas de ajuda oficiais, para os quais o governo tem um orçamento este ano de 16,7 bilhões de yuanes (2,43 bilhões de dólares).

jg/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG