consultas - Mundo - iG" /

China e Tibete acertam nova rodada de consultas

Pequim, 5 mai (EFE).- Representantes do Governo chinês e do Dalai Lama, que neste domingo mantiveram sua primeira reunião desde as revoltas tibetanas do dia 14 de março, acertaram realizar uma nova rodada de consultas, informou a agência oficial Xinhua.

EFE |

Embora a nota oficial seja parca em relação ao conteúdo e desenlace do diálogo, não especificando onde se realizará a nova rodada de diálogo, dá a entender que o encontro de domingo, que se esperava durar três dias, foi dado por finalizado.

A agência estatal cita fontes anônimas presentes no encontro na cidade sulina de Shenzhen entre os emissários do Dalai Lama com as autoridades chinesas do Departamento de Trabalho da Frente Unida do Partido Comunista da China, sem capacidade de decisão.

A "Xinhua" explica que os representantes chineses responderam com paciência às perguntas feitas pelos dois emissários e trocaram suas opiniões sobre futuros contatos e consultas.

Os funcionários chineses assinalaram aos tibetanos que "os tumultos do dia 14 de março representaram novos obstáculos para o reatamento de contatos e consultas com o grupo do Dalai Lama".

A segurança em torno da reunião de ontem, o primeiro encontro após seis rodadas de diálogo entre representantes do Dalai Lama e do Governo chinês desde 2002, era muito intensa, segundo explica o jornal "South China Morning Post".

A reunião aparentemente aconteceu na Vila Kylin, uma casa de hóspedes de Estado, e as autoridades proibiram o acesso de jornalistas que se deslocaram até o local. EFE mz/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG