China e Taiwan começam a quebrar o gelo, afirma presidente eleito taiwanês

As conversações do fim de semana entre o presidente da China, Hu Jintao, e o vice-presidente eleito de Taiwan, Vincent Siew, começaram a quebrar o gelo nas relações entre as duas partes, declarou o presidente eleito da ilha, Ma Ying-jeou.

AFP |

O presidente chinês e secretário-geral do Partido Comunista, Hu Jintao, se encontrou com uma delegação taiwanesa, na qual estava presente Vincent Siew, dentro de uma reunião econômica regional, na ilha de Hainan (sul da China).

"Com esta reunião, se começou a quebrar o gelo no estreito de Formosa, que separa a China de Taiwan", disse Ma Ying-jeou.

Ma, que tomará posse como presidente de Taiwan em 20 de maio, manifestou satisfação com o encontro entre Jintao e Siew, a reunião de maior nível entre os dois lados desde a separação em 1949, quando as tropas nacionalistas derrotadas pelos comunistas se refugiaram na ilha.

"Nos esforçaremos para obter a reabertura de negociações depois de 20 de maio", afirmou o presidente eleito, do partido nacionalista Kuomintang.

Pequim suspendeu unilateralmente as negociações com Taipé em 1995 para protestar contra a polêmica visita aos Estados Unidos do então presidente da ilha Lee Teng-hui, alegando que a viagem fazia parte dos esforços para promover a independência da ilha.

Ma Ying-jeou sucederá Chen Shui-bian, que provocou a revolta de Pequim com sua retórica pró-independência.

cty/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG