arruinarão processo de paz - Mundo - iG" /

China diz que novos assentamentos judaicos arruinarão processo de paz

Pequim, 8 set (EFE).- O Governo chinês criticou o Governo de Israel por sua decisão de ampliar os assentamentos de colonos judeus na Cisjordânia e adverte que qualquer plano de construção ou expansão dos assentamentos arruinará as bases para reatar as conversas de paz.

EFE |

A porta-voz de turno do Ministério de Assuntos Exteriores, Jiang Yu, assegurou que a decisão se produz "quando a comunidade internacional espera e deseja uma volta às negociações pacíficas", e pediu a Israel que cancele a medida.

"A China espera que a parte israelense seja prudente em suas ações e tome medidas concretas para criar condições que favoreçam um pronto reatamento do diálogo", assinalou a porta-voz em entrevista coletiva.

Neste sentido, a Chancelaria chinesa se alinhou com a parte palestina, quem ontem, ao conhecer-se a decisão israelense, a qualificou de um "desafio" aos esforços internacionais.

O ministro da Defesa de Israel, Ehud Barak, assinou a autorização da construção de 500 novas na Cisjordânia ocupada.

A China atualmente mantém uma postura neutra no conflito palestino-israelense, embora durante décadas se mostrou a favor da luta armada do povo palestino contra Israel, estado que não reconheceu até 1992. EFE abc/fk

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG