NAÇÕES UNIDAS (Reuters) - O embaixador da China na Organização das Nações Unidas deixou claro na terça-feira que o governo chinês não estava pronto para apoiar novas sanções contra o Irã, como solicitado pelas potências ocidentais, alegando que a questão precisava de mais tempo e paciência. Não é a hora certa nem o momento certo para sanções porque esforços diplomáticos ainda estão sendo feitos, afirmou Zhang Yesui a repórteres por meio de um intérprete.

(Reportagem de Louis Charbonneau)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.