China divulga lista de supostos terroristas de Xinjiang

A China divulgou nesta terça-feira uma lista de oito supostos terroristas, integrantes de uma organização islamita separatista, anunciou que estas pessoas ameaçaram os Jogos Olímpicos de Pequim em agosto e pediu a cooperação internacional para prender os mesmos.

AFP |

"Todos os terroristas desta lista são membros do Partido Islâmico do Turquistão Oriental (ETIM)", declarou o porta-voz do ministério da Segurança Pública, Wu Heping, em referência a uma organização que figura na lista da ONU de movimentos terroristas.

"Participaram na preparação, organização e execução de várias atividades terroristas contra os Jogos Olímpicos de Pequim", acrescentou.

"O terrorismo é uma ameaça comum para todos os países do mundo. Combater os terroristas é uma responsabilidade comum de todo os países", disse o porta-voz, que pediu a colaboração da comunidade internacional para descobrir o paradeiros dos supostos terroristas.

Durante os Jogos Olímpicos de agosto, Xinjiang, região muçulmana do extremo oeste habitada essencialmente por uigures, etnia muçulmana de língua turca, foi cenário de uma série de atentados.

Alguns dias antes da abertura das Olimpíadas, em 4 de agosto, em Kashgar, 16 policias morreram em um ataque executado por dois homens que, segundo a polícia chinesa, eram militantes do ETIM.

No fim de julho, o grupo separatista uigur, que deseja um Estado independente em Xinjiang, reivindicou vários atentados na China.

mbx-frb/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG