WASHINGTON (Reuters) - A China provavelmente vai concordar com a imposição de novas sanções da ONU ao Irã devido ao programa nuclear da República Islâmica, disse uma importante autoridade dos Estados Unidos nesta quarta-feira. Quando perguntado, durante audiência no Senado, se acreditava que o governo chinês concordaria com uma resolução do Conselho de Segurança da ONU impondo sanções ao Irã, o subsecretário de Estado para Relações Políticas, William Burn, respondeu: Sim, senhor, acredito.

"Acredito que nós e os chineses concordamos que precisamos enviar uma mensagem firme ao Irã", acrescentou. "Sim, senhor, eu acredito que provavelmente nós vamos conseguir fazer uma resolução no Conselho de Segurança... espero muito que dentro de semanas."

(Reportagem de Adam Entous)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.