falsos rumores sobre terremoto - Mundo - iG" /

China detém 17 pessoas por divulgar falsos rumores sobre terremoto

As autoridades chinesas detiveram 17 pessoas por divulgar falsos rumores sobre o terremoto que atingiu o sudoeste da China no início da semana, informou hoje a agência estatal Xinhua.

EFE |

Embora o Ministério da Segurança Pública não tenha assinalado a quais falsos rumores se refere, circularam nos últimos dias notícias na internet que foram rapidamente desmentidas, como anúncios de que estaria para ocorrer um novo terremoto.

As autoridades realizaram detenções em 11 divisões administrativas da China, após encontrar mais de 40 mensagens com "rumores maliciosos".

Em sua maioria, os detidos receberam "advertências" das autoridades, após curtos períodos de detenção, embora dois deles continuem sob custódia das autoridades, situação que segundo a lei chinesa poderia se prolongar durante 15 dias.

O terremoto da última segunda-feira, de 7,8 graus na escala Richter, é o pior a atingir a China desde 1976, e os números oficiais falam em 20 mil mortos, embora o número possa aumentar nos próximos dias, já que ainda há dezenas de milhares de desaparecidos.

    Leia tudo sobre: chinainternet

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG