A China declarou a primeira epizootia de gripe aviária do ano, na região noroeste do país, onde foram sacrificadas milhares de aves, anunciou o ministério da Saúde.

O alerta foi divulgado depois da morte de aves na região de Xinjiang, perto da Ásia central.

As autoridades receberam na terça-feira a confirmação de que as aves estavam contaminadas pelo vírus H5N1.

O governo de Xinjiang adotou medidas de emergência e mais de 13.000 aves foram sacrificadas, segundo o ministério, que considera a situação controlada.

No decorrer do ano, a China anunciou oito casos humanos de gripe aviária, cinco mortais.

kma-frb/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.