China dá mais de US$ 1 bi a pobres

Pequim - O Governo chinês destinou mais de 9 bilhões de iuanes (US$ 1,316 bilhão) em ajudas para 74 milhões de pessoas que vivem abaixo da linha da pobreza no país asiático, que serão entregues ainda em janeiro.

EFE |

Nas cidades, os beneficiados pelas ajudas receberão 150 iuanes (US$ 22) cada um, enquanto no campo os subsídios serão de 100 iuanes (US$ 14), informa o diário independente "South China Morning Post".

Aqueles que tenham feito alguma "contribuição especial" ao país e os filiados ao Partido Comunista da China (PCCh) antes de 1949 receberão 180 iuanes (US$ 26).

Conceder ajudas aos que vivem abaixo da linha da pobreza, fixada na China em 1.067 iuanes (US$ 156) anuais, é uma medida a mais do Governo chinês, sempre preocupado em evitar revoltas.

O vice-ministro de Assuntos Sociais chinês, Jiang Li, assinalou que o país "tem que atuar rápido e de forma efetiva para assegurar que o povo receba os subsídios ainda em janeiro".

Segundo ele, isso servirá para "manter a estabilidade social e conseguir o objetivo de harmonia social" promovido pelo Governo.

Leia mais sobre: China

    Leia tudo sobre: china

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG