China constrói telescópio óptico mais potente do mundo

Pequim, 6 jun (EFE).- A China construiu o telescópio óptico mais potente do mundo para poder explorar 10 milhões de espectros celestes nos próximos cinco ou seis anos e para tentar registrar dados fundamentais sobre a origem do universo, informou hoje o jornal China Daily.

EFE |

O telescópio chamado Espectroscópio de Fibra de Objetos Múltiplos de Grande Área no Céu (Lamost, na sigla em inglês) custou 235 milhões de iuanes (US$ 34,39 milhões) e está localizado na cidade de Xinglong, na província central de Hebei.

A equipe de pesquisa do centro é liderada por Cui Xiangqun, um especialista em matéria de óptica ativa que também dirige o Instituto de Óptica Astronômica e Tecnologia de Nanquim.

Seu grupo fez um grande avanço no acompanhamento dos corpos celestes para análise científica.

Antes da construção do Lamost, o telescópio dos Estados Unidos American Sloan Digital Sky Survey (SDSS), no estado do Novo México, era o mais poderoso na captura de espectros ópticos. EFE rat/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG