China confirma sétimo caso da gripe

Pequim, 19 mai (EFE).- O Ministério da Saúde chinês confirmou hoje o sétimo caso da gripe suína no país, de um morador de Foshan, na província de Cantão, que viajou recentemente ao Canadá e Estados Unidos.

EFE |

Segundo o comunicado do Ministério, publicado em seu site oficial, o Centro de Controle e Prevenção de Doenças da China obteve hoje o resultado positivo dos exames realizados no paciente, que começou a se sentir mal no dia 15 de maio, quando viajava em um trem de Hong Kong a Cantão.

As autoridades sanitárias da região estão em busca das pessoas que mantiveram contato direto com o paciente, de sobrenome Yang e com 59 anos, mas por enquanto nenhuma apresentou sintomas da gripe suína.

Yang, que viajou sozinho como turista à América do Norte no final de abril e começo de maio, aterrissou em Hong Kong no dia 13 de maio, via Coreia do Sul, e um dia depois começou a apresentar sintomas da doença.

Mesmo assim, dois dias depois tomou um trem entre a antiga colônia britânica e Cantão, já na parte continental chinesa.

Yang começou a se sentir pior durante a viagem, e por isso foi internado posteriormente em um centro hospitalar.

Apesar do nome, a gripe suína não apresenta risco de infecção por ingestão de carne de porco e derivados. EFE abc/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG