China confirma que 25 canadenses estão em quarentena por gripe suína

Pequim, 5 mai (EFE).- O Governo chinês confirmou hoje que 25 estudantes canadenses estão em quarentena no nordeste do país asiático, apesar de não apresentarem sintomas de ter contraído o vírus A (H1N1) da gripe suína.

EFE |

"As autoridades colocaram durante sete dias sob observação médica estes 25 estudantes canadenses na cidade de Changchun (capital de Jilin)", disse o porta-voz da Chancelaria chinesa, Ma Zhaoxu.

Ma explicou que, depois que, em 2 de maio, o Canadá confirmou 51 casos de infecção humana da gripe suína, "as autoridades provinciais colocaram durante sete dias sob observação médica estes 25 estudantes, com o objetivo de "proteger a segurança pública sanitária".

Esta quarentena foi realizada "de acordo com as leis de doenças contagiosas, de saúde e quarentena alfandegárias", acrescentou.

As autoridades locais colocaram os estudantes em um hotel, e estão recebendo comida e serviços médicos.

"Atualmente, a temperatura corporal destes estudantes é normal, sua situação física é boa, estão emocionalmente estáveis e satisfeitos com estas medidas", acrescentou Ma.

"Existe um período de quarentena, aplicado pelo Governo local e aceito pelos estudantes canadenses", acrescentou.

O Canadá pediu ontem explicações ao Governo chinês sobre a retenção destes estudantes, semelhante à sofrida por 70 cidadãos mexicanos no país asiático.

No entanto, o porta-voz chinês disse hoje que o escritório de Exteriores da província de Jilin deu informações à embaixada canadense e acrescentou que "a quarentena foi realizada em coordenação" com a delegação e em "estreito contato" com Ottawa.

De maneira paralela, a embaixada chinesa em Washington informou sobre a suspensão das solicitações de visto para viajar à China por enquanto, medida que, segundo Ma, "não é discriminatória nem é contra nenhum país".

O porta-voz chinês não quis confirmar informações sobre a quarentena de outros quatro americanos em território chinês, e alegou não ter uma lista de estrangeiros de outras nacionalidades que tenham sido isolados como medida preventiva contra a gripe suína. EFE mz/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG