China condena o atentado contra o hotel Marriott de Islamabad

Pequim, 21 set (EFE) - O Governo chinês condenou hoje o atentado terrorista cometido no sábado com um caminhão-bomba contra o hotel Marriott de Islamabad, informou a agência de notícias Xinhua.

EFE |

A China, país que mantém um acordo de cooperação em matéria de luta antiterrorista com o Paquistão, demonstrou sua oposição ao terrorismo "em qualquer de suas formas", afirmou a porta-voz do Ministério de Assuntos Exteriores chinês, Jiang Yu.

"Como país vizinho amigo, a China continuará apoiando os incessantes esforços do Governo e do povo paquistaneses para manter a estabilidade", acrescentou.

A porta-voz chinesa também expressou a solidariedade de seu Governo para com os parentes das vítimas.

O atentado suicida deixou pelo menos 53 mortos e 250 feridos, sendo 21 deles estrangeiros. EFE mz/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG