China condena encontro de Sarkozy com Dalai Lama

PEQUIM (Reuters) - A China condena o encontro do presidende francês, Nicolas Sarkozy, e o Dalai Lama ocorrido durante o final de semana, afirmou no domingo o vice-ministro de Relações Exteriores, He Yafei. O lado francês deveria tomar algumas ações concretas para corrigir seus erros a partir do prejuízo às relações bilaterias entre China e França e entre China e União Européia, afirmou o vice-ministro.

Reuters |

No sábado, Sarkozy encontrou-se com o Dalai Lama e disse que a Europa compartilha das preocupações do líder espiritural sobre a situação no Tibete. A França ocupa a presidência rotativa da UE.

(Por Ken Wills)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG