China começará a reduzir emissões de CO2 a partir de 2050

A China começará a reduzir as emissões de carbono em 2050, anunciou Su Wei, diretor do departamento de desenvolvimento e da comissão de reformas para a mudança climática, ao jornal britânico Financial Times.

AFP |

"As emissões de China não continuarão progredindo além de 2050", declarou Wei.

A China é, ao lado dos Estados Unidos, um dos principais poluidores do planeta.

"A China não deixará suas emissões em progressão sem límite e não insistirá no fato de que cada país deve ter a mesma cota de emissão por habitante. Se fizermos isto, o planeta será destruído", completou.

O Protocolo de Kioto, que chega ao fim em 2012 e que terá a prorrogação decidida em dezembro em Copenhague, não fixa objetivos de redução a cumprir para a China, por ser um país em desenvolvimento.

Pequim, no entanto, afirma que fixou os próprios objetivos em termos de eficácia energética e redução das emissões.

No início de agosto, a China voltou a pedir aos países desenvolvidos mais esforços na luta contra o aquecimento global.

ph/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG