China começa a montar nova base de pesquisa na Antártida

Pequim, 29 jan (EFE).- A China começou a instalação de sua terceira base de pesquisa na Antártida, a Kunlun, situada na geleira mais alta da região, a 4.

EFE |

093 metros de altitude, informou hoje a imprensa local chinesa.

Trata-se da primeira base chinesa em terra firme na Antártida, já que o país asiático conta com outras duas litorâneas, informou hoje o diário oficial "China Daily".

Outros seis países têm bases similares em terra firme na Antárdida: Estados Unidos, Rússia, Japão, França, Itália e Alemanha.

A base Kunlun é preparada para cobrir uma área de 558,5 metros quadrados e a instalação em si, de 236 metros quadrados, terminará em abril, quando a expedição retornar à China.

Os principais objetivos da Kunlun são o estudo das geleiras e da atmosfera, astronomia, topologia e geofísica. EFE mz/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG