China coloca cidadãos repatriados do México em quarentena

Os cidadãos chineses que foram repatriados do México em consequência da gripe suína desembarcaram na China nesta quarta-feira e foram colocados imediatamente em quarentena, informou o governo da cidade de Xangai.

AFP |

Os 119 ocupantes, entre tripulantes e passageiros, do voo charter enviado por Pequim ao México foram confinados ao desembarcar no aeroporto internacional Pudong de Xangai.

O único caso de gripe A (N1H1) confirmado até o momento na China foi o de um mexicano que chegou a Hong Kong via Xangai. No entanto, as autoridades chinesas adotaram medidas drásticas para evitar que a doença se propague fora da ilha.

Os 98 passageiros do voo eram principalmente empresários que estavam presos no México depois que a China suspendeu as viagens procedentes deste país em consequência da gripe suína.

O governo mexicano realizou uma operação similar, repatriando dezenas de cidadãos que estavam na China, incluindo pelo menos 43 que haviam sido colocados em quarentena.

A decisão da China de confinar os mexicanos apesar de não apresentarem sintomas da doença provocou a indignação do governo do México, que aconselhou a sua população que não viaje para a China.

lsl-dd/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG