Pelo menos 7.700 pessoas morreram na cidade de Yingxiu, situada na zona do epicentro do terremoto que sacudiu a China na segunda-feira passada, revelou nesta quarta a agência Nova China.

Apenas 2.300 habitantes de Yingxiu, onde viviam mais de 10 mil pessoas, sobreviveram à catástrofe, disse He Biao, subsecretário do departamento de Aba, citado pela Nova China.

Entre os sobreviventes em Yingxiu, mais de mil estão em estado grave, segundo a agência de notícias.

gca/LR

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.