Chilenos vão às urnas para 2º turno de eleições presidenciais

Santiago do Chile, 17 jan (EFE).- As mesas de votação montadas para o segundo turno das eleições presidenciais do Chile abriram hoje às 7h (8 de Brasília).

EFE |

Ao todo, quase 8,3 milhões de eleitores visitarão as 34.325 seções espalhadas por todo o país para escolher entre Sebastián Piñera, da direita, e Eduardo Frei, da situação, aquele que vai suceder a socialista Michelle Bachelet como presidente.

No primeiro turno, realizado em 13 de dezembro, Piñera, um investidor milionário, recebeu 44,03% dos votos. Frei, ex-presidente (1994-2000) e candidato da coalizão governista, teve o apoio de 29,60% do eleitorado.

Também disputaram a primeira etapa da votação o independente Marco Enríquez-Ominami (20,13%) e Jorge Arrate (6,21%).

Segundo analistas e as últimas pesquisas, a disputa pela Presidência neste segundo turno será acirrada e definida por uma pequena margem de votos.

Uma pesquisa divulgada quarta-feira pela empresa de consultoria Mori indica que Piñera deve receber 50,9% dos votos e derrotar Frei (49,1%) por uma diferença de menos de três pontos.

A votação está prevista para acabar às 21h (22h de Brasília) e os primeiros resultados deverão sair por volta das 19h (20h de Brasília). Quem vencer assumirá a Presidência em 11 de março. EFE frf/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG