SANTIAGO (Reuters) - O governo chileno retificou nesta quinta-feira o número de mortos pelo terremoto e tsunamis do fim de semana para 279 identificados, de um total de 802 mortos que havia sido informado sem nomes. O subsecretário do Interior, Patricio Rosende, informou ainda que o Chile decretou três dias de luto nacional pelo devastador terremoto de magnitude 8,8 que sacudiu o Chile na madrugada de sábado.

Ele não explicou as razões da mudança no número de vítimas.

(Reportagem de Rodrigo Martínez)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.